Azenha ?

Ok, é inevitável. Nos mudaremos, e não será a primeira vez.

Cresci ouvindo do meu pai duas coisas ao descer a Mostardeiro de carro. “Olha o frio na barriga”e “Ali adiante ficava a baixada”.

O frio eu sempre senti, mas a baixada nunca vi, e nenhum resquício dela sobrou, apenas registros fotográficos e raras imagens em movimento.

A única coisa palpável que nos restou foi o pavilhão que foi trocado com o Força e Luz, pelo Pavilhão, esse com maísculas. Esta lá até hoje para quem quiser ver, na Rua Alcides Cruz, 125.

Bom mas o que eu quis dizer com toda essa história?

Eu não quero que além de mudar de endereço, a passagem do Grêmio pela Azenha, seja simplesmente riscada do mapa, quero que em alguma parte da área, algo seja deixado, como o pórtico dos campeões ou algo seja erguido, para que as gerações futuras tenham alguma referência de onde era e onde ficava o estádio.

Sendo mais esperançoso porque não deixar de pé um dos 13 módulos do estádio, com seu anel superior e inferior e ainda quem sabe, uma parte do gramado com a goleira da Carlos Barbosa, como se praça fosse.

Que a história se mantenha na memória e na realidade.

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: